Torta Floresta Negra Original - chef marli stella

Torta Floresta Negra Autêntica

Conheça as possíveis origens, curiosidades e

receita original da Torta Floresta Negra

 

 

 

Estreando minha coluna vou falar um pouco sobre a maravilhosa Torta Floresta Negra, as possíveis origens do seu nome e outras curiosidades acerca desse paraíso natural denominado Floresta Negra.

 

Uma cordilheira localizada no sudoeste da Alemanha permeada por uma floresta densa e escura, por esse motivo foi chamada de Floresta Negra. Magia e sonhos fizeram dela a inspiração para diversos contos infantis, sendo os mais famosos “Branca de Neve ”, “Chapeuzinho Vermelho”, “Rapunzel”, “Cinderela”, “João e Maria”, etc. Os relógios tipo “Cuco” são outra tradição da Floresta Negra e foram criados a partir do canto do pássaro Cuco, comum naquela região.

 

Na gastronomia a Floresta Negra destaca-se pela produção do seu famoso presunto defumado (Schwarzwälder Schinken) e a Torta de Cerejas Floresta Negra (Schwarzwälder Kirschtorte). Essa torta foi a escolhida por mim para ser a capa do meu livro RECEITAS AUSTRÍACAS DO TIROL BRASILEIRO. Muito embora a origem da torta Floresta Negra seja alemã, na Áustria e na Suíça também é bem apreciada e marca presença nas confeitarias.

 

RECEITAS AUSTRIACAS DO TIROL BRASILEIRO

RECEITAS AUSTRÍACAS DO TIROL BRASILEIRO

 

 

Há pelo menos duas versões para o significado do nome da Torta Floresta Negra.

A primeira refere-se a um traje típico da região, onde o vestido preto é representado pelo chocolate; a blusa branca pelo chantilly e o chapéu com bolas vermelhas, pelas cerejas da torta.

 

A segunda, a qual eu mais gosto, faz menção aos ingredientes da torta e a natureza da floresta. Sendo a floresta escura representada pela massa de chocolate; a neve pelo chantilly; as raspas de chocolate, as cascas das árvores; as cerejas e a aguardente de cerejas por serem produzidos naquela região.

 

A verdadeira Torta Floresta Negra deve ser feita com cerejas naturais (frescas ou congeladas) e não com cerejas ao maraschino*, como conhecemos aqui no Brasil. Outro ingrediente dessa torta que a faz peculiar é a aguardente de cerejas (kirschwasser) – uma bebida de consumo tradicional entre os lenhadores.

 

A torta Floresta Negra é uma torta classificada com “festiva” na Alemanha, por ser um tanto trabalhosa e com efeito final que agrada a todos em datas comemorativas.

 

*Cerejas ao Maraschino são cerejas frescas passadas por um processo de descoloração total, depois recebem corantes, aromatizantes, açúcar e um licor que nem sempre é o Maraschino. Em resumo, no meu entendimento, é uma incoerência e uma agressão para com as cerejas que já são lindas por natureza.

 

 

TORTA FLORESTA NEGRA

Schwarzwälder-Kirschtorte

 

A receita que eu apresento aqui foi passada para mim pela confeiteira (Ingrid Pfund) que trabalhou por muitos anos na Floresta Negra e reside próximo a Stuttgart.

 

 

 

 

INGREDIENTES
Massa:
6 ovos grandes
200 g de açúcar
1 pitada de sal
5 colheres (sopa) de água quente
200 g de farinha de trigo
4 colheres (sopa) de cacau em pó
2 colheres (chá) de fermento em pó

 

Recheio:
400 g de cerejas frescas ou congeladas, sem caroço
300 ml de água
50 g de açúcar
¼ de colher (café) de canela em pó
50 g de amido de milho (maisena)
50 ml de água
30 ml de aguardente de cereja ou rum
700 g de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de açúcar de baunilha
50 ml de aguardente de cerejas

Decoração:
400 g de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de açúcar de baunilha
100 g de cerejas frescas
150 g de chocolate meio amargo em barra

 

 

PREPARO
Massa:
1) Forre com papel-manteiga untado uma forma redonda (26 cm. de diâmetro). Preaqueça o forno a 180 °C.
2) Bata os ovos, junte o açúcar e uma pitada de sal. Continue batendo por mais 5 min. Adicione a água bem quente, colher a colher, e bata mais 5 min., até formar um creme bem fofo e firme.
3) Acrescente aos poucos, a farinha de trigo, o cacau e o fermento, peneirados juntos. Mexa delicadamente, envolvendo a massa.
4) Coloque a massa na forma preparada e asse no forno preaquecido, +- 35 min, até que o palito saia limpo.
5) Desenforme após 10 min e deixe esfriar sobre grade.

 

Recheio e montagem da torta:
1) Lave as cerejas, descaroce e corte-as ao meio.
2) Cozinhe as cerejas com 300 ml de água, o açúcar e a canela, até que as cerejas comecem a amolecer. Reserve 3 colheres (sopa) dessa calda para pincelar.
3) Misture 50 ml de água com o amido de milho, junte às cerejas cozidas e volte ao fogo até ferver e cozinhar por 2 min. Retire do fogo e adicione a aguardente.
4) Faça dois cortes horizontais na massa. Sobre a primeira parte, coloque toda a cereja preparada.
5) Bata o creme de leite com o açúcar, o açúcar de baunilha e a aguardente de cerejas até formar um chantilly.
6) Sobre o recheio de cerejas coloque a metade do chantilly.
7) Cubra com a segunda parte da massa. Pincele com a calda de cereja misturada com aguardente/conhaque (opcional). Aplique o restante do chantilly e coloque a última parte da massa. Pincele com o restante da calda de cerejas.
8) Bata o creme de leite com o açúcar de baunilha até o ponto de chantilly e espalhe sobre a torta.
9) Faça raspas de chocolate e decore conforme a foto.

 

Refrigere por 6 horas antes de servir.
Rendimento: 18 porções

 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados