hortas de supermercados - dianna macedo - superchefs

Do telhado para as prateleiras

Supermercados investem em hortas

próprias para abastecer suas lojas.

 

 

Aparentemente as cidades estão cada vez mais caóticas e o que menos temos sobrando é espaço, certo ?Errado! Seguindo a mesma trilha dos jardins verticais, supermercados na Europa e nos Estados Unidos estão aproveitando espaços ociosos para plantar os vegetais a serem vendidos.

 

Não só aproveitando os próprios telhados mas também instalando estufas dentro das lojas, os supermercadistas investem em alimentos orgânicos, eliminam uma parte da cadeia de emissão de poluentes e o descarte de produtos impróprios para venda.

 

hortas de supermercados - dianna macedo - superchefs

 

 

Na Holanda, a Albert Heijn, uma rede de mercados local, se rendeu à tendência de cultivo próprio, e criou uma estufa, dentro das lojsa, para melhor atender os novos consumidores. O primeiro da rede foi inaugurado em Amsterdã e a mesma experiência está em andamento em supermercados de Berlim.

 

Para se tornar um supermercado inovador e totalmente sustentável, ainda falta retirar 100% das embalagens das mercadorias, reduzir o desperdício de alimentos e produzir toda a energia consumida por meio de tecnologia limpa.

 

hortas de supermercados - dianna macedo - superchefs

 

 

Já Nos Estados Unidos – mais precisamente no Brooklin, NY – uma produtora local construiu uma estufa no telhado da rede de supermercados Whole Foods. O estabelecimento hoje é capaz de produzir 150 toneladas de alimentos por ano !!!

 

O sistema escolhido é o de plantação hidropônica. Entretanto, a preocupação com o meio ambiente é inegável: sistemas inteligentes de irrigação diminuem o uso de água em 20 vezes e o transporte dos alimentos não emite nada, já que o supermercado fica logo abaixo.

 

hortas de supermercados - dianna macedo - superchefs

 

 

No Brasil a primeira iniciativa surgiu no supermercado Zona Sul, no Rio de Janeiro. As gôndolas foram trocadas por hortas e os clientes foram surpreendidos com a opção de colher diretamente da terra as hortaliças.

 

Placas convidativas complementam a comunicação do projeto Hortinha Fresca: “Na hora de servir em casa, pode falar com orgulho: você que colheu”; ou “A gente planta, cuida e trata. Você só precisa colher”.

 

 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados

Escreva sua mensagem