Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

O Centro de Pesquisa e Formação – Sesc em São Paulo realiza na quarta-feira, 12 de novembro, a palestra “Comida de rua e o movimento Botando Banca“. O encontro conta com a participação de Mara Salles, do Tordesilhas, Hugo Delgado, do Obá Restaurante e La Sabrosa, Dagoberto Torres, do Suri Ceviche Bar e Maíz, e Patricia Moll e Lucas Terribili, da Coentro Comunica.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Mara Salles, do Tordesilhas, Hugo Delgado, do Obá Restaurante e La Sabrosa, Dagoberto Torres, do Suri Ceviche Bar e Maíz, e Patricia Moll e Lucas Terribili, da Coentro Comunica

Serão debatidas as experiências de cada restaurante e seus desdobramentos para a cidade como um todo. Os participantes abordam aspectos do projeto sob diferentes perspectivas.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Mara Salles fala sobre a importância do Manifesto e o que levou a escrevê-lo no contexto político da comida de rua há um ano.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Chef Mara Salles

Hugo Delgado comenta sobre o hábito de comer na rua ao redor do mundo e como este projeto de micropolítica pode aos poucos mudar a cultura dos paulistanos e sua forma de comer.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Chef Hugo Delgado

Dagoberto Torres conta como este projeto foi e pode continuar sendo um bom negócio para os restaurantes, e como pode atrair novos públicos.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Chef Dagoberto Torres

Por fim, Patrícia Moll e Lucas Terribilli, da Coentro Comunica, abordam a experiência de produção do mapa, sua receptividade pelo público e pela imprensa, bem como os planos futuros para o projeto.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca

Lucas Terribili e Patricia Moll

As inscrições podem ser feitas em todas as unidades do Sesc em São Paulo e pelo site http://sescsp.org.br/centrodepesquisaeformacao 

 

Organizado pela Coentro Comunica, o Botando Banca é um movimento que reúne restaurantes que servem comida de rua na calçada. Participam da primeira edição Tordesilhas, Suri Ceviche Bar, Obá Restaurante, AK Vila e a doceria La Vie en Douce. Para colocar os eventos de vez no calendário paulistano, a Coentro criou um mapa com a localização de cada restaurante, os horários e informações das iniciativas de cada um deles, junto com um guia de outros programas culturais próximos, que podem ser feitos antes ou depois.

Sesc realiza a palestra Comida de rua e o movimento Botando Banca
O primeiro restaurante a promover um evento com comida na calçada foi o Tordesilhas, com o “Tem Tacacá na Tietê“, há um ano, quando a legislação ainda não permitia a venda de outras comidas de rua além do cachorro-quente e do pastel de feira. Depois, foi a vez do “Domingo Cevichero“, do Suri, seguido do “Obá na Calçada“. AK Vila e La Vie en Douce se juntaram ao movimento. Durante este primeiro ano, uma série de outros restaurantes começou a realizar eventos semelhantes, mostrando que essa tendência se consolidou – o que justifica uma nova edição do mapa, já em produção.

manifesto botando banca - superchefs
Um dos objetivos do Botando Banca é reocupar as ruas e levar boa comida às calçadas com preços acessíveis. Pretende-se ainda discutir a transformação do cenário de comida de rua em São Paulo e da sua consolidação, com a intenção de torná-la um hábito, e não apenas uma moda passageira.

domingo cevichero

O chef Dagoberto Torres promoveu Domingo Cevichero, no Suri

Serviço
Data: 12/11/2014
Dias e Horários:
Quarta, 19h30 às 21h30.

 

Local: Rua Dr. Plínio Barreto, 285
4º andar do prédio da FecomércioSP
Bela Vista – São Paulo/SP

 
http://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/comida-de-rua-e-o-movimento-botando-banca

 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados