tasca da esquina - vitor sobral - Sábados Lusófonos

Sábados Lusófonos do Tasca da Esquina

A partir do dia 1º de novembro, Tasca da Esquina passa a servir pratos representativos das antigas colônias portuguesas, a começar por Moçambique, seguido de Angola e Macau

tasca na esquina - vitor sobral
Pesquisador engajado no rico receituário das antigas colônias portuguesas, o chef Vítor Sobral inaugura no dia 1º de novembro a série Sábados Lusófonos em sua Tasca da Esquina. O restaurante irá servir pratos de raíz destes países, sempre com o olhar de Sobral, a começar por Moçambique aos sábados de novembro, seguido de Angola em dezembro e Macau em janeiro. A ideia é mostrar a influência da cozinha portuguesa nas colônias, o que essas culinárias têm de similar, e, principalmente, apresentar esta gastronomia pouco conhecida pelos paulistanos.

tasca da esquina - vitor sobral 3 - Camarão com caril e manga e malagueta verde - Lucas Terribili

Camarão com caril e manga e malagueta verde. Foto: Lucas Terribili

Aqueles que pedirem a sugestão ganha, como cortesia, uma sobremesa também tradicional do país. Durante este mês, representando Moçambique, os pratos escolhidos pelo chef foram o Camarão com caril, manga e malagueta verde (R$ 84, foto ao lado) e o Pudim de côco com compota de abacaxi. As receitas de Angola, em dezembro, são a Moamba de garoupa com quiabos e farinha de musseque (R$ 82) e o Toucinho-do-céu de amendoim com gelado de limão. Já em janeiro serão servidos o Cherne de caldeirada à moda de Macau (R$82) e o Pudim de ovos com pistache, de Macau.

tasca na esquina - vitor sobral

O mais português de São Paulo. É assim que o prestigiado chef Vítor Sobral define a filial paulistana da Tasca da Esquina, restaurante de origem lisboeta que cruzou o Atlântico e chegou à cidade em 2011, em um canto tranquilo e menos badalado nos Jardins. A cozinha, aqui comandada por uma equipe de chefs treinada por Vítor, exibe seu profundo trabalho de pesquisa e traz receitas portuguesas tradicionais e regionais, muitas delas com um olhar contemporâneo.

tasca da esquina - vitor sobral 4 - foto Catarina Cabral

Foto Catarina Cabral

A carta de vinhos é outro diferencial da casa, que promove degustações mensais. A preocupação em ter um bom custo-benefício não descarta o cuidado com a escolha dos ingredientes de qualidade e de bons produtores, como azeites e sais. O ambiente despojado e sem formalismos traz detalhes como jogos americanos de papel pardo no lugar das toalhas de linho, cardápio exibido em pranchetas de madeira, taças e louças de design. Vítor acaba abrir em Luanda, na Angola, a Kitanda da Esquina, e em João Pessoa, na Paraíba, uma filial de sua Tasca da Esquina.

tasca da esquina - vitor sobral 3 - Camarão com caril e manga e malagueta verde - Lucas Terribili

Camarão com caril e manga e malagueta verde. Foto: Lucas Terribili

Serviço:
Tasca da Esquina
Alameda Itu, 225, Jardins
55 11 3262-0033 / 3141-1149

 

Horários de funcionamento:
Terça a Quinta-feira, 12h às 15h e 19h às 23h30,
Sexta-feira, 12h às 15h e 19h às 0h, e
Sábado, 13h às 0h,
Domingo, 12h às 17h.

 

reservas@tascadaesquina.com.br
WWW.tascadaesquina.com.br

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados