Realidade de um chef

Uma coisa é muito certa, para aprender

e fazer bem é preciso repetição, estudo e pratica.

 

 

Na nossa profissão de cozinheiros, quase como uma obrigação estar no dia a dia, preparando receitas, testando-as, errando e aprendendo com elas. Vejo um grande numero de “chefs” que apenas assinam cardápios e soltam pratos na boqueta, aparecem no salão e recebem as glorias dos seus comensais. Acredito eu ser um grande erro, pois com toda certeza é muito importante, e para mim um prazer incrível, cozinhar e meter a mão na massa.

 

lucius gaudenzi 05 SuperChefs

 

Lógico que como maestros da cozinha e do serviço precisamos nos concentrar em todos os detalhes e por muitas vezes fazer o trabalho de cozinhar fica em segundo plano, mas digo, o serviço , o tempo de cozimento, o tempero certo e sabores dos pratos tendem a modificar se nao o fazemos. Sempre aconselho a meus amigos a fazerem, a estarem no “pé do fogão” e tomarem muito cuidado para não perder o “tempo”, pois inconscientemente isso acontece.

 

lucius gaudenzi - ser chef - superchefs

 

Vejo também, e de forma preocupante, que muitos novos formandos em cursos técnicos simplesmente se intitulam “chefs” , aceitam empregos como tais , abrem restaurantes e não estão preparados, queimando assim a empresa em que trabalham e seu próprio nome.

Cozinhar é um ato de amor e profissionalmente um ato de respeito aos clientes e comensais.Chef Lucius

Sou admirador daqueles que mesmo com todo estrelado estão ali, vivendo o dia a dia, com panelas e panelas a frente, varias colheres separadas para provar o sabor, os dedos tocando nas carnes para ver o ponto do cozimento, o olhar clinico na hora que o cumim pega o prato e leva para mesa, checando se esta tudo certo.

 

Não existe outro caminho a seguir para o conhecimento e crescimento profissional, só se aprende fazendo! Por isso viver a realidade é vital para o sucesso do seu negocio e da carreira como cozinheiro.

Muitos acham, quando nos vêem em jornais, revistas e tv que a vida de um “chef” é fácil, glamour e status, mas a real é bem diferente. Horas e horas em pé, trabalho duro, em um calor danado, ainda mais aqui na Bahia… RsssssChef Lucius

Mas da um prazer danado, fazer o que ama faz com que todo este processo se torne em diversão.

 

No nosso trabalho o importante é escolher os ingredientes, fazer os pedidos, recebe-los e checar a qualidade, preparar a receita, cozinha-la, montar o prato, finalizar, servir e aguardar ele voltar para a lavagem, checando se esta vazio ou se sobrou. Nao tem jeito, isso so acontece se estiver vivendo o dia a dia!!!

 

Por isso digo, “escolha a profissao que você ama, e nunca mais tera que trabalhar na vida” – Aloha,

 

 

 

Lucius Gaudenzi - bottom - superchefs

Mais sobre:
Lucius Gaudenzi chef. de cozinha formado pelo SENAC em parceria com a escola de administracao do Exercito em 1990. Formado pela Hostec intenational Hospitality College na Austrália e em cozinha francesa pela Le Cordon Bleu de Paris.

 

 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados