fabrizio abbade, don fabrizio

Don Fabrizio um siciliano com coração brasileiro

Fabrizio Giovanni Abbate, conhecido como Don Fabrizio, Italiano de Palermo, filho e neto de cozinheiros, com 9 anos já trabalhava no restaurante da família e com 16 já era chef de cozinha no hotel Sirenetta na Sicilia. 1997 se transfere para viver na Bahia depois de um ampla volta até Belém do Pará(1991).

fabrizio abbade, don fabrizio

Fabrizio Abbade, vindo ao Brasil

Chef e proprietário do restaurante Don Fabrizio em Arraial D Ajuda – Porto Seguro é hoje com certeza um dos chefs mais interessantes da cozinha moderna do Brasil.

restaurante don fabrizio

Seu primeiro restaurante no Brasil em Ribeirão Preto em 1992

Com uma cozinha de raízes mediterrânea que casa e namora com os perfumes e os produtos tropicais, um chef do Antigo Mundo totalmente entregue ao fascino do Novo Mundo e que com naturalidade e experiência consegue fazer de uma antiga receita um prato “Brasileiro”.

restaurante don fabrizio

Uma das coisas que mais me empolga ultimamente é a produção ou melhor a extração dos óleos essenciais de alguns frutos, flores e ervas .

Fabrizio Abbate - oleo de dende

Produção de óleo de dendê

Os resultados finais nos pratos são evidentes e surpreendentes, para fazer isso uso um pequeno destilador que por arrasto retira por evaporação os óleos essenciais e consequente por resfriamento devolve em forma liquida de destilado.

Fabrizio Abbate - oleos 0bOutra pequena técnica de tempero são os meus azeites temperados, faço isso usando algas ( uva do mar ), ervas aromáticas e especiarias várias compradas nas minhas andanças pelo mundo e no Brasil, tambem neste caso os resultados são excelentes e com isso personalizo sempre mais a minha cozinha, os meus pratos.

Fabrizio Abbate - producão de azeite dende

Para mim não existe a classificação de cozinha, italiana , japonesa ou francesa, é apenas a origem. Para mim existe apenas a boa Cozinha! ” – Chef Don Fabrizio

 fabrizio abbade, don fabrizio

Entrevista exclusiva para SuperChefs

O que e quem o inspirou a se tornar um cozinheiro, quais suas primeiras lembranças?

Foi criado em um restaurante e meu pai sempre me levava com ele a visitar outras cozinhas e outros chefes, criei um mito do chef na minha cabeça de criança, eu queria ser um deles!

 fabrizio abbade, don fabrizio

Qual a maior dificuldade que encontrou no decorrer destes anos?

Quando se trabalha com alma e coração, e sobretudo se faz algo que se gosta as dificuldades são simplesmente pequenos desafios que servem nos ajudar a amadurecer e melhorar. Claro que o inicio é sempre em subida, mais quando o trabalho envolve uma arte e o nosso é um trabalho artístico precisa recolher consensos para emergir.

 fabrizio abbade, don fabrizio

Por favor, diga aos nossos internautas quem são seus ídolos?

Os meus ídolos são as pessoas que trabalham com honestidade e que vão em frente sem pisar em cima dos outros, ao contrário, quando podem ajudam os outros a aprender e conhecer. Um chef que amo muito é o Heston Blumenthal, uma estrela da cozinha mundial, outro que acho muito legal e que conheci agora a pouco tempo é o Alex Atala as pesquisas dele são muito interessantes e de grande valor social.

fabrizio abbade, don fabrizio
Você pode nos contar alguns dos seus segredos sobre a arte de apresentação de pratos?

Não tenho segredos, esta é pura arte, é como pintar ou esculpir. Pode aprender uma ou outra técnica, mas isso vem de dentro, cada prato é uma pintura diferente, agora estou usando muita cerâmica branca que costumo pintar com o pincel usando as cores que retiro dos alimentos. É uma forma de personalizar os meus pratos.

fabrizio abbade, don fabrizio

Filé mignon e spaghetti

Qual a sua especialidade, o tipo ou um prato em específico?

Não tenho especialidade, e acho que um chef não deveria ter uma especialidade, gosto de carne, assim como de peixe e frutos do mar mas é claro que como bom italiano a massa é o meu universo conhecido.

prato da boa lembrança 2014, fabrizio abbade, don fabrizio

Prato da boa lembrança 2014 – File mignon maturado com várias ervas e temperos assados, com 2 queijos acompanhados de talharim de massa fresca com farinha de Gragnano ao molho Pesto.

Quais os ingredientes que mais gosta de trabalhar e que menos gosta?

Gosto de trabalhar com quase tudo que esta na minha frente, quando vou no mercado, é lá que nasce a minha inspiração. Venho de uma região, a Sicilia onde se come e se cozinha de tudo, escargot, ouriço, cabeça de cabrito… fui criado neste meio e adoro também o desafio de cozinhar o que nunca cozinhei.

fabrizio abbade, don fabrizio - Spaghetti com ouriço e leite de castanha do Pará

Spaghetti com ouriço e leite de castanha do Pará

Qual seria seu roteiro gastronômico dos seus sonhos?

Na Asia, acho bárbaro as variedades de cores e de temperos que eles usam. E me atrai muito também o contato deles com os insetos, gostaria de provar !

fabrizio abbade, don fabrizio

Qual o seu conselho para aqueles que querem seguir a paixão pela cozinha, mas têm medo de arriscar?

A paixão é fundamental na culinária, se tem paixão de verdade, não tem medo… ou então não é paixão !

fabrizio abbade, don fabrizio

Outra paixão , a Bottarga caseira que eu faço em casa. Aqui na foto com uma de Camurupim , um peixe que chega a pesar até 130 kg.

Se você pudesse fazer um jantar para alguém que você admira, quem seria e qual seria o cardápio?

O presidente da Uruguay, José Muijca, é o meu estereotipo de homem político. Cozinharia para ele um prato de massa fresca com cabrito temperado e cozido a baixa temperatura.

fabrizio abbade, don fabrizio

Qual a importância da equipe de cozinheiros e auxiliares em sua cozinha?

Os colaboradores no restaurante são tão importantes quanto o chef, naquelas horas do pega pega eles são indispensáveis e fundamentais. Sozinho não somos ninguém, e digo mais os meus são ótimos. Fausto, Luciana, Jamil, Sirlande, Wagner, meninos de ouro.

fabrizio abbade, don fabrizio

Qual foi a receita mais difícil que já preparou e porque?

A receita mais difícil é sempre aquela que esta na minha cabeça até que ela não sai e vira prato. Passo isso toda vez que estou tentando criar um prato novo para um novo cardápio ou um evento.

fabrizio abbade, don fabrizio

Fabrizio e Joshua Abbade, dificil dizer se o pai tem mais orgulho do filho ou o filho tem do pai…

Porque hoje os chefes tem status de celebridade ?

Hoje se vive em um mundo feito de imagem, e creio que as mídias, TV em particular criaram este mito do chef de cozinha, famoso e rico. Mas tem outra razão também é que a maioria das pessoas do mundo querem comer bem, mas não sabem cozinhar, então identificam os chefes como um mágico, uma pessoa com super poderes … E isso é verdade também!

fabrizio abbade, don fabrizio

Qual mensagem deixaria aos nossos leitores?

Procure sempre ficar informado sobre o que esta comendo, de onde vem, como é criado o cultivado. Prefira sempre produtos naturais, ajudem os pequenos produtores, muitas vezes é lá que estão os produtos melhores. Procure informações sobre o movimento Slow Food, e seja um de nós, ajude, participe a salvar um monte de alimentos que estão ariscando de sumir para sempre da Terra sem saber as consequências.

 

Conheça um pouco do trabalho deste grande Chef. – Don Fabrizio

Cauda de Lagosta grelhada com cebolinhas caramelizadas em espelho de creme de alfaça roxa
aragosta con il suo filetto infilzata dentro un frutto della " Catinga " brasiliana ( que é un cactus )e che si chiama Pitaia

 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados