capsula nespresso - ensei neto - 00

Cápsulas de Café

Que o mundo está sendo inundado por um oceano de

cápsulas de café, não há como duvidar.

 

A praticidade de se preparar um espresso em casa, escolhendo um sabor que é o seu favorito naquele momento, junto de uma galera que também aprecia café ou solo, é talvez o grande trunfo desse novo sistema de preparo. Rápido, estável e com uma variedade muito grande de opções.

 

Na verdade, já na década de 90 a italiana Lavazza já comercializava máquinas compactas de cápsulas, que eram todas em plástico. Além de um típico espresso ao gosto italiano, poderiam ser preparados cappuccinos, achocolatados, chás e até consomés!

 

Ainda no início de 1999, o então representante da empresa no Brasil me apresentou toda a linha e, pasmem, o consomé se saiu muito bem. Mas, era avançado demais para a época, de modo que rapidamente caiu no esquecimento.

 

A gigante suíça Nestlé começou, na mesma época, seu ambicioso plano de expansão, com a inauguração de belas e exclusivas boutiques, que se tornaram um símbolo em todo o mundo. Sua estratégia de oferecer cafés de praticamente todas as origens produtoras do mundo ainda é o seu grande trunfo, sem entrar no mérito da concepção e desenvolvimento de sua cápsula. Tive a oportunidade de conviver com Orlando Garcia, um alto executivo da área de desenvolvimento para a Nespresso, que me explicou algumas das idéias geniais que envolvem a pequena cápsula.

 

lavazza 1987

 

Seu trunfo é o fato de ter elaborado um recipiente em alumínio finamente trabalhado sob um design que é obra prima da engenharia e geometria. A Ciência trabalha a favor delas com toda essa ajuda! Pressurizado, o interior conserva uma quantidade 30% menor de pó de café para um clássico espresso (OK, a empresa mãe é especialista em relançar produtos com nova embalagem e redução de peso…) e se utiliza de um conceito simples da Física ao introduzir água em alta pressão.

 

O resultado: altíssima eficiência na extração e uma crema que se forma pela “explosão” da atmosfera contida na cápsula, como um aparelho para fazer chantily. Depois da queda de várias patentes, o mercado recebeu um sem número de lançamentos com empresas oferecendo sistemas de encapsulamento cujos produtos são compatíveis com o sistema Nespresso. A senha foi dada e o mercado mudou.

 

 

capsula nespresso - ensei neto - 00

 

No Brasil temos um cenário semelhante ao observado em outros países, quando novas empresas, micro torrefações ou mesmo grandes grupos, tem oferecido suas cápsulas compatíveis com o sistema Nespresso. Certamente, a grande diferença está no fato de que o Brasil é o maior produtor de café do mundo, com uma diversidade incrível de sabores e aromas que podem ser encontrados. Portanto, se algumas dessas micro torrefações encontrarem pequenos lotes muito especiais de café, a oportunidade de se beber algo fantástico é muito grande também.

 

Não é tarefa tão simples assim, pois envolve muitos profissionais, cada qual especializado numa tarefa para que o produto final seja impecável! E isso acontecendo, tornará o mercado muito melhor!

 


Mais artigos do autor

 

 


 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados