EXPERIÊNCIAS-COLETIVAS-000-ensei-neto

Café levado as experiências coletivas por Ensei Neto

O maior desafio que há para apreciar um bom café é transcender essa experiência ao coletivo. Parece tarefa simples, mas sua complexidade é bestial!

EXPERIÊNCIAS-COLETIVAS-02-ensei-neto

Na Natureza não existem 2 seres iguais. É a regra da Natureza.
Apesar de uma intensa florada de café aparentemente ser uniforme, ao longo do tempo veremos que num mesmo galho os frutos terão diferentes pontos de maturação.

ensei - café - 2

Um dos primeiros problemas a serem resolvidos é juntar o máximo de sementes que estejam com o mesmo ponto de maturação, de preferência maduras. É a condição básica para se ter uma xícara de café sensorialmente muito bacana.

ensei - café - 3

Por que é que um carro como uma Ferrari é tão fantástica, enquanto que um Palio, que é do mesmo fabricante, só pode ser considerado razoável?
É devido à escala de produção.

Young man holding jumper cables coming out of coffee mug

Young man holding jumper cables coming out of coffee mug

Um é feito artesanalmente, unidade a unidade, detalhe a detalhe, enquanto que o outro é produzido aos borbotões, sendo sua individualidade expressa pelo número do chassi.

Foto: Humberto Franco

Foto: Humberto Franco

No mundo das Bebidas & Alimentos, não é diferente.

Para que um grupo de pessoas possa ter uma experiência compartilhada, é fundamental que os grãos de café tenham o máximo de uniformidade, minimizando o aspecto individual. Cafés de preços mais competitivos são uniformizados pelos defeitos de bebidas (afinal, à noite todos os gatos são pardos…), enquanto que cafés excepcionais tem geralmente edição mais restrita porque apresentam características sensoriais de maior complexidade, o que garante uma experiência muito bacana!

women coffee people cappuccino self portrait portraits 2832x4256 wallpaper_wallpaperswa.com_41

Na esteira desse conceito, uma saudável tendência que vem ganhando corpo no Brasil é dada pelos Clubes de Assinatura de Café. Vários empreendedores resolveram criar um serviço em que eles, a partir de uma seleção de lotes de café produzido em diversas origens brasileiras, torram e enviam aos assinantes mensalmente.

 

Comento sobre alguns desses clubes.
MOKA CLUBE, (www.mokaclube.com.br) certamente um dos mais antigos do Brasil, está baseado em Curitiba, fazendo pessoalmente a seleção dos lotes com os produtores, além da torra.

ensei - café - 6
CAFÉ GOURMET, (www.graogourmet.com), um dos caçulas, tem sua base em São Paulo e adquire lotes selecionados de empresas exportadoras e cooperativas.

ensei - café - 7
HAVE A COFFEE, (www.haveacoffee.com.br), com base no Espírito Santo, tem modelo colaborativo com um Mestre de Torra e Baristas, que fazem sugestões de métodos de preparo de cada lote selecionado pela equipe diretamente com os produtores.

 

 

Vale a pena experimentar. É um jeito interessante de se conhecer o vasto campo de sabores dos Cafés do Brasil!

ensei neto - bottom - superchefs

 

 

Ensei Neto
Ensei Neto é Engenheiro Químico pela Escola Politécnica da USP, tem especialização em Tecnologia de Alimentos e Marketing e é consultor especialista em Marketing e Qualidade de Cafés Especiais pelo Specialty Coffee Bureau. • Trabalhou em indústrias de alimentos por 9 anos e foi cafeicultor por mais de 12 anos, permitindo-lhe conhecer desde o preparo de mudas até o comércio internacional do café. • Tem desenvolvido diversos cursos e workshops sobre Avaliação de Café segundo Metodologia SCAA, Percepção Sensorial Aplicada, Ciência e Tecnologia de Torra de Café, e Harmonizações com Bebidas e Alimentos. • Além de proferir palestras sobre o mercado, tendências e qualidade dos cafés especiais, escreve em diversas publicações. ? Mas, antes de tudo, é um “louco” por café…

 

 

* Os artigos assinados pelos colunistas são de inteira responsabilidade dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião do site. O SuperChefs, democraticamente, abre esse espaço para que os colunistas tenham total liberdade para exporem suas opiniões nos textos sem nenhum tipo de censura. Os textos são pessoais e cada colunista escolhe o assunto que achar interessante, sendo responsável por eles.

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados