Azeite da idade da pedra

Existe indícios de produção de Azeite

datados do começo da Idade do Bronze.

 

 

 

Contudo, foram encontradas folhas de oliveira fossilizadas, em todo mediterrânea datadas do Paleolítico e do Neolítico, sendo também pesquisada a sua origem ao sul do Cáucaso, nos altos planos do Irã. Por volta de 3000 anos antes de Cristo, a oliveira já seria cultivada, sabe-se, no entanto, que, há mais de 6 mil anos, o azeite era usado pelos povos da Mesopotâmia. Com o contato entre esses povos e os hebreus, foi aprendida a produção de azeite e a cultura da oliveira, depois esse conhecimento foi passado para a Grécia e todo o Mediterrâneo por meio dos fenícios.

 

agar de azeite

 

Produção Antigamente

O melhor azeite, chamado de “azeite puro de oliveira, batido”, era produzido por um processo simples, antes das azeitonas serem colocadas no lagar de azeite. Primeiro, as azeitonas eram colocadas num pilão e trituradas até ficarem bem amassadas, ou, às vezes, eram pisadas. Em seguida, os frutos amassados eram transferidos para cestas coadoras, onde “sangrava” óleo até que se soltasse o azeite “virgem”. O azeite puro, batido, era estocado em jarros de barro e a polpa era levada para o lagar, ou prensa, de azeite.

 

Poster francês vintage sobre azeite

Poster francês vintage sobre azeite

 

Produção Atualmente

Na atualidade, os métodos tradicionais de processamento da azeitona deram lugar a processos modernos de extração, utilizando variação de pressão e temperatura. Com isso, o método tradicional de mistura do óleo à mão quase não existe mais, tudo é feito com maquinas e classifica-se o azeite segundo seu processo de produção da seguinte forma:

 

Produção de azeite

Foto Correio Gourmand

 

  • Azeite de oliveira virgem, obtido por processos mecânicos. Dependendo da acidez do produto obtido, este azeite pode ser classificado como sendo do tipo extra, virgem ou comum. O azeite virgem apresenta acidez máxima de 2%.
  • Azeite de oliva refinado, produzido pela refinação do azeite virgem, que apresenta alta acidez e incidência de defeitos a serem eliminados na refinação. Pode ser misturado com o azeite virgem.
  • Azeite extra virgem. O azeite não pode passar de 0,8% de acidez (em ácido oleico) e nem apresentar defeitos. O órgão que os regulamenta e define quais defeitos são catalogados é o Conselho Oleícola Internacional.
  • Azeite de oliva comum é obtido da mistura do azeite lampante, inadequado ao consumo, obtido através da prensagem das azeitonas. O azeite de oliva comum não possui regulamentação

 

tipos de azeite - filippoberio

Imagem Filippo Berio

 

 

Maiores Produtores de azeite do mundo

Espanha, com aproximadamente 40% do total mundial, quase a metade da produção mundial provém dos olivais espanhóis que parecem se estender ao infinito. A maior parte desse azeite é produzida com azeitona proveniente dos vastos olivais do interior da Andaluzia, ao calor do sol que aumenta a sua produtividade. Normalmente esse azeite costuma ser suave e frutado, com leves toques amargos e picantes. Também as regiões da Catalunha, da Estremadura e de La Mancia produzem quantidades significativas de azeite de sabor delicado.

 

Seguido pela Itália, com 22%. Cultivam-se oliveiras no país inteiro, exceto no noroeste, mas as regiões com maior produção de azeite são a Puglia e a Sicília, enquanto que a Toscana produz apenas 4% do total. Cada região é caracterizada por um clima, variedades e estilos próprios, de maneira que os sabores dos azeites são muito diferentes de um olival para outro

 

azeite-maiores produtores do mundo de azeite

 

Terceiro a Grécia com 14%. O Peloponeso e a ilha de Creta são as regiões em que se produzem as maiores quantidades de azeite. Da azeitona de variedade Koroneiki obtém-se azeites saborosos com toques ervosos. A variedade mais conhecida, a Kalamata, é utilizada para o consumo de azeitona de mesa e a referência Kalamata nos rótulos de alguns azeites muitas vezes se refere à região com este nome em que o azeite é produzido.

 

Apesar de Portugal ser o principal fornecedor de azeites para o Brasil, sua representatividade mundial como produtor de azeite é muito pequena, representando pouco mais de 1% da produção global

 

 

O azeite e a Chef

Azeites aromatizados, temperados, com favas de baunilha e pimentas? Foi em 2012 que a chef Cássia Resende, de Goiânia, começou a produção de sua linha de azeites especias, hoje composta por 4 Sabores de azeites aromatizados e temperados.

  1. Tradicional: Azeite 0,5%, alecrim, tomilho, alho, Pimenta rosa e Pimenta do reino ;
  2. Picante: Azeite 0,5% e Pimenta Calabresa;
  3. Alho Negro: Azeite 0,5%, orégano fresco e ALHO Negro;
  4. Indiano: Azeite 0,5%, fava de baunilha, canela e anis estrelado.

 

azeites-chef-cassia-resende-linha de azeites aromatizados-superchefs

Produtos Chef Cássia Resende

 

 

Chef Cássia Resende

O Azeite é uma gordura saudável e para ser considerado de boa qualidade deve ser puro, até 0,5% de acidez; pode ser consumido diariamente e alguns dos ingredientes, que fazem parte da composição dos meus azeites, os tornam compostos funcionais, ou seja, além de trazer mais sabor aos pratos podem trazer benefício a saúde.afirma a chef.

 

 

Uma importante etapa neste processo é monitorar o aquecimento do azeite – com termômetro culinário – pois o azeite não pode ser fervido.explica Chef Cássia Resende

 


 

 

Curiosidades

  • A azeitona é cultivada há mais de 8.000 anos.
  • Existem mais de 400 espécies de oliveira, mas a única que produz os frutos e os óleos que consumimos é da espécie “Olea Europaea”.
  • Uma oliveira é capaz de viver mais de mil anos.
  • Todas as azeitonas são verdes, ficando negras com a maturação.
  • A palavra azeite vem do árabe az-zait (“azeite, óleo, essência”).
  • Para extraír um litro de azeite são necessários de cinco a seis quilos de azeitona.

 

 

Benefícios a saúde

  • Alivia dores da artrite
  • Inibe câncer de mama e cólon
  • Previne diabete
  • Evita úlceras
  • Combate problemas de memória

azeite e saude

 

Fontes:
Wikipédia
Biblioteca On-Line Torre de Vigia 
Corpo a Corpo UOL
Azeites Online
Filippo Berio
Chef Cassia Resende

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados