quiabo refogado - mil faces do quiabo - chef brunonni 00

As mil faces do quiabo

Quiabo, para muitos só de ouvir nome causa aversão.

 

 

Para muitos, só de ouvir ou pronunciar o nome desse vegetal, já se instala uma aversão, uma sensação de repúdio, provocado, principalmente pela desinformação, por conceitos formatados sem completude, sem análise ou maturação.

 

A má fama do quiabo é injusta sob todos os aspectos que possam ser usados para se classificar ou julgar um alimento, seus benefícios para a saúde, versatilidade junto aos métodos de cocção, ampla sazonalidade, carga histórica e representatividade religiosa fazem do quiabo um dos mais completos alimentos para consumo humano.

 

quiabo - mil faces do quiabo - chef brunonni 01

Quiabo

 

 

O quiabo é de origem africana, mais especificamente da Etiópia, foi trazido pelos escravos e seu cultivo no Brasil foi adaptado observando as diferenças de temperatura, clima, umidade, relevo e solo, o “terroir brasilis”, e dentro desse contexto, pode ser encontrado facilmente durante todas as épocas do ano, principalmente no Nordeste, com boa qualidade e preços atrativos.

 

quiabeiro - mil faces do quiabo - chef brunonni 02

Quiabeiro

 

 

O consumo do quiabo, como já foi citado, traz inúmeros aspectos benéficos ao homem e sua saúde, quem ainda não incluiu este vegetal na dieta diária, deve repensar este posicionamento imediatamente, além das vitaminas A, B, C, E e K, possui minerais como cálcio, ferro, zinco, magnésio e potássio, também se apresenta como excelente fonte de fibras alimentares.

 

O quiabo oferece os cozinheiros, chefs, donas de casa e entusiastas da cozinha, mil possibilidades, pode ser preparado ou consumido:

  • IN NATURA, em rodelas bem finas numa bela salada com legumes baby, tomatinhos uva e raspas de limão;
  • ASSADO OU GRELHADO inteiro ou cortado longitudinalmente, com rodelas de cenoura, batata doce e uma cabeça de alho inteira;
  • REFOGADO com manteiga de garrafa, cebola picadinha, pimentão amarelo, coentro e pimenta de cheiro;
  • FRITO sob imersão, com ou sem empanadura;
  • CONSERVA, CHIPS e as famosas PANELADAS ou do jeito que sua imaginação permitir.

 

Dentre essas preparações mais robustas, feitas para confortar uma boa quantidade de pessoas, destacam-se o frango com quiabo, a quiabada e o caruru;

 

FRANGO COM QUIABO oferece um sabor conhecido, aliando a proteína mais consumida do país, quiabo em rodelinhas, imersos em caldo reconfortante, untuoso e acompanhado, geralmente, com arroz de milho verde e farofa de ovo.

 

frango com quiabo - mil faces do quiabo - chef brunonni 04

Frango com quiabo

 

 

A QUIABADA é preparada de forma semelhante a feijoada, com charque gorda, paio, calabresa, linguiça mista, pé e orelhas de porco…com o quiabo, obviamente, no lugar do feijão preto; A quiabada é considerada uma iguaria no Nordeste.

 

quiabada - mil faces do quiabo - chef brunonni 03

Quiabada

 

 

O CARURU, além do sabor único do quiabo*, traz nuances de amendoim, castanha, gengibre e camarão seco; este prato carrega forte carga religiosa: é servido em homenagem a Santa Bárbara e em algumas localidades oferecido como pagamento de promessa aos gêmeos Cosme e Damião, geralmente servido junto com acarajé, vatapá e muito azeite de dendê. No candomblé, o caruru é oferecido como oferenda para o orixá Xangô, contudo, é servido nas festas de Ibeji, onde quem for premiado com o quiabo inteiro estará incumbido de preparar o caruru do próximo ano.

 

caruru e aracaje - mil faces do quiabo - chef brunonni 05

Caruru e acarajé

 

 

É isso aí povo meu e gente minha, espero que com estas informações, novas ou não, possamos ao menos promover uma reflexão sobre o consumo do quiabo e também de outros alimentos marginalizados e que possuem muito sabor, versatilidade, benefícios para a saúde e mil faces ocultas.

Um abraço de cabra macho para todos!

 

* O quiabo possui uma forte característica de textura, uma baba ou visgo, para muitos, inconveniente, no entanto, pode ser facilmente removido adicionando-se ao preparo uma colher de chá de vinagre ou limão.

 

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados