Festival ao centro da mesa

Ao Centro da Mesa, festival dedicado à comida compartilhada

De 20 a 30 de agosto, o AK Vila, MoDi, Obá, Saj e Taberna da Esquina promovem festival com petiscos e pratos servidos em pequenas porções para compartilhar

 

 

Dividido é mais gostoso! É assim que o restaurateur Hugo Delgado, do Obá, explica a ideia por trás do seu próximo festival, Ao Centro da Mesa, que acontece de 20 a 30 de agosto, dedicado à comida compartilhada. Para o evento, o mexicano convidou os restaurantes AK Vila, Modi, Saj e Taberna da Esquina para integrarem o grupo e mostrarem como se partilha refeições em suas culturas. Seja nas mezzes árabes e judaicas, nos antojitos mexicanos, no glub-glaem tailandês, nos antepastos italianos ou nos petiscos brasileiros e portugueses, este jeito de comer é um hábito em muitos países. Para a ocasião, cada casa criou um cardápio com aproximadamente oito receitas servidas em pequenas porções para serem facilmente repartidas no centro da mesa, e a sugestão é pedir vários e fazer uma refeição completa. Nada da sequência entrada – principal – sobremesa! “Botem as mãos no mesmo prato! Briguem de colher pelo ultimo pedaço. Sintam a cumplicidade nos olhares cruzados ao saborear a mesma mordida”, brinca Hugo. Veja abaixo o que cada casa preparou.

 

festival-ao-centro-da-mesa-01-Alheira-Taberna da Esquina_Lucas Terribili

Alheira da Taberna da Esquina. Foto: Lucas Terribili

 

 

AK Vila

A chef Andrea Kaufmann, do restaurante AK Vila, fez uma seleção de pratos e petiscos para compartilhar, inspirados no receituário judaico do Oriente Médio. São as chamadas mezzes. “A minha cozinha já tem muito esse espírito. Gosto de encher a mesa de potinhos e comer tudo com pão pitta, é ele que embala tudo”, conta a chef. O menu traz a Salada picada israeli (R$ 18, foto), com rabanete, pepino, cebola, tomate cereja, azeite, limão, dill e salsinha, e pastas como a Coalhada seca com zaatar (R$ 16) e a Pasta de Ovos (R$ 12), que podem ser acompanhados do pão pitta ou torradas croc. Também integram o menu o Pastrami de língua curado na casa com mostarda e picles (R$ 17) e o Cordeiro no prato (R$ 23), lascas de cordeiro com salada picada, homus e tahine. Para os vegetarianos, boa sugestão é a Brusqueta de escarola, chutney de beringela e queijo brie (R$ 28). Aqueles que não abrem mão de uma fritura têm duas opções: o Croquete de pato com geleia de pimenta (R$ 31) e os Latkes de batata (R$ 16), bolinhos de batata ralada.

 

festival-ao-centro-da-mesa-03 - SALADA PICADA ISRAELI AK

Salada Picada Israeli do AK Villa

 

 

Saj

Ainda no Oriente Médio, mais precisamente do Líbano e da Síria, vêm as receitas do Saj. “Para os árabes, a ideia de uma entrada é um pouco estranha. Uma mezze pode ser um jantar completo! Muitas vezes, os talheres nem são usados, comemos tudo com pão ”, explica Paulo Abbud Filho, restaurateur à frente da casa. Comece então pelos pães árabe e saj (R$ 17,80 por 4 unidades) assados na hora, para acompanhar o Trio de pastas (R$ 31,90), que podem ser homus, coalhada seca, babaganouch ou mhammara, de pimentões assados, e o Kibe Cru (R$ 36,70). O menu (parte dele na foto acima, à esquerda) traz também saladas, como o Tabule com alface, salsinha picada, tomate, trigo fino, cebola, hortelã e temperos (R$ 37,70) e a Coalhada gelada temperada com hortelã seca e pepinos frescos (R$ 22,60). Podem ser comidos com as mãos o Charuto de folhas de uva com recheio de arroz e carne moída (R$ 32,70). Uma receita autêntica do acervo da família Abbud é o Chacrie (R$ 54,70) pedaços de fraldinha cozida na coalhada com anéis de cebola fritos na manteiga e pimenta doce, acompanha arroz chehie, arroz branco com macarrão cabelo de anjo frito na manteiga. A casa ainda recomenda o Arroz califa (R$ 35,70), combinação de arroz branco com carne moída e peito de frango desfiado coberto com uva passa e castanha de caju, e o Lombo de cordeiro (R$ 65,90), grelhado, marinado com vinho branco e ervas. Por fim, para a sobremesa, Torta caseira de ricota com pistache (R$ 23,90).

 

festival-ao-centro-da-mesa-02-Oba

Ostras do Obá

 
Taberna da Esquina

Subindo pelo Mediterrâneo e chegando em Portugal, a Taberna da Esquina apresenta petiscos para serem comidos com a mão ou no palito, compartilhados no centro da mesa. “A origem vem das tascas e tabernas, onde as pessoas ficavam bebendo vinho e picando travessas de petiscos”, explica Vítor Sobral. Eles são feitos na brasa, fritos ou vêm direto da lata, em versões criativas do chef. A seleção (foto à direita) traz, da lata, duas opções: Sardinhas, pão de trigo grelhado e salsa (R$19) e os Filetes de cavala ligeiramente picantes, abacate e coentros (R$ 32). Os que preferem frituras poderão pedir o Bacalhau albardado com creme de coco e tomate (R$ 29 por 4 unidades) e o Bolinho de arroz, bacalhau e queijo (R$ 23 por 4 unidades). Da grelha saem mais opções: Lulas de coentrada (R$37), Orelha de porco com vinagrete de cebolas e coentros (R$ 16) e Alheira com quiabos grelhados e pickles de cenoura (R$ 29,50). Ainda da grelha, mas montados sobre o pão, como sanduíches abertos, são as últimas duas sugestões: a Tiborna de bacalhau com vinagrete de pimentos frescos grelhados (R$ 29) e Pica Pau da Taberna (R$ 34), com contra-filé em tirinhas e vinagrete.

 

festival-ao-centro-da-mesa-03 - Cone de frutos do mar  (3) - MoDi

Cone de Frutos do Mas do MoDi

 

MoDi

Seguindo na Europa, agora vamos à Itália. O chef Diogo Silveira, do MoDi, apresenta receitas clássicas servidas em pequenas porções para dividir. Mas a ideia é pedir uma série de antepastos, ou seja, antes dos pratos, e nem chegar nos pratos. O menu traz a Lula grelhada com purê de abobrinha (R$ 16) e o Cone al Mare (R$ 11), lula e robalo empanados servidos com molho siciliano. Aqueles que preferem carnes podem provar a Linguiça na lata (R$ 11), linguiça de porco artesanal, servida com molho de tomate picante e tomate confit e o Cotecchino com grão de bico (R$ 11), embutido italiano condimentado com grão de bico e purê de batata. Mas a tradição também estará ao centro da mesa com as típicas polentas aqui em duas versões: Polenta com ragu de cogumelos (R$ 13) ou Polenta cremosa com aspargos, fonduta de grana padano e ovo caipira (R$ 13). Por fim, duas brusquetas: Brusquetta de cogumelos com Grana Padano (R$ 11) e Brusquetta de brie com aspargos e presunto cru (R$ 11), feitas com uma generosa fatia de focaccia cortada ao meio. “É uma delícia ficar só nos antepastos e aperitivos, junto com um vinho ou drinque. Isso já acontece constantemente aqui no restaurante, principalmente na área externa. Muitos clientes passam a tarde inteira bebendo e petiscando, sem chegar a pedir um prato principal. Por isso sempre tive um cardápio de entradas bem grande no MoDi”, conta Diogo.

 

Festival ao centro da mesa

Saj

 

 

Obá Restaurante

Por fim, Hugo Delgado, do Obá, selecionou receitas mexicanas, brasileiras, tailandesas e italianas para serem compartilhados ao centro da mesa, todas servidas em quatro unidades. Daqui do Brasil, as sugestões são as Tapioquinhas de carne seca da Nadja de Goiás refogada na manteiga de garrafa, com pedacinhos de abóbora assada, banana e queijo (R$ 22), o Caldinho de feijão (R$ 14), o Pastel da roça de linguiça com couve e queijo meia cura (R$ 19) e as Cigarretes da Ilma de Parnaíba (R$ 24), pastéis recheados de camarão. Do México vem o Guacamole do Hugo (R$ 20), as Tostadas de salpicón de frango (R$ 24), tortillitas crocantes de milho com maionese de habanero queimado, alface e salpicão de frango, e os Taquitos de nopales (R$ 25), tortillas de milho quentinhas para rechear com pedacinhos de cactos com cebola, tomate, chile de àrbol, coentro e orégano, dica para os vegetarianos.

 

Ainda do país de Hugo, outras opções são as Costillitas de cerdo em mole queretano (R$ 34), costelinhas de porco em molho de pimentas, amendoim, especiarias e banana da terra, as Chimichangas (R$ 26), burritos dourados recheados de suculento pernil, e os Sopes chan chan (R$29), panelinhas de milho recheadas com peixe banhado com um tempero à base de chile pasilla, sucesso da Semana del Tequila deste ano. A Tailândia não poderia ficar de fora. O Obá apresenta o Neua tod (R$ 26), almondeguinhas thai de carne levemente apimentadas feitas com curry massaman e amendoim, o Peek gai yad sai (R$ 24), asas de frango fritas e desossadas recheadas de porco e pedaços de macarrão, o Pla hoi nangrom (R$ 32, foto) ostras frescas picantes com molho thai, “uma festa na boca”, e o Gung hom pha (R$ 29), camarões com curry verde fritos. O restaurante oferece ainda a Bruschetta caprese (R$ 29), rodelas de pão montados com tomate, mussarela de búfala, rúcula, pesto, queijo de cabra e pignolis. Tudo para comer com as mãos, sujando bastante os dedos.

 

 

 

Serviços:

AK Vila
Rua Fradique Coutinho, 1240, Vila Madalena
55 11 3231-4496 / 3231-4497
Segunda-feira, 12h às 15h, Terça a Quinta-feira, 12h às 15h e 20h às 00h, Sexta-feira, das 12h às 15h30 e 20h às 00h30, Sábado, 12h30 às 16h30 e 20h às 00h30, Domingo, 12h30 às 16h30
adm@akvila.com.br
http://www.akvila.com.br/

 

 

MoDi
Avenida Higienópolis, 618, Higienópolis
55 11 3823-2663 / 3823-2664
Segunda a quinta-feira das 12h às 23h, Sexta-feira e Sábado, 12h às 00h, Domingo, 12h às 20h
Rua Alagoas, 475, Higienópolis
55 11 3564-7031
Terça-feira a Sábado, 12h às 23h, Domingo, 12h às 17h

 

 

Obá
Rua Dr. Melo Alves, 205, Jardim Paulista
55 11 3086-4774
Terça a quinta-feira, 12h às 15h e 19h às 23h30, sexta-feira, 12h às 15h e 20h às 23h30, Sábado, 13h às 16h30 e 20h às 00h30, Domingo, 13h às 16h30
oba@obarestaurante.com.br
http://www.obarestaurante.com.br/

 

 

Saj Consolação
Rua Fernando de Albuquerque, 255, Consolação
55 11 3881-1824
Segunda a Quinta-feira, 12h às 15h30 e 18h30 às 0h, Sexta-feira, 12h às 15h30 e 18h30 às 1h, Sábados, 12h às 1h, Domingo, 12h30 às 22h30

 

Saj Jardim Paulistano
Rua Joaquim Antunes, 260 – Jardim Paulistano
55 11 2574-3665
Segunda a Quinta-feira, 12h às 15h30 e 18h30 às 0h, Sexta-feira, 12h às 15h30 e 18h30 às 1h, Sábados, 12h às 1h, Domingo, 12h30 às 22h30

 

Morumbi Shopping
Rua Av. Roque Petroni Júnior, 1089.
55 11 5189-6700
Segunda a sábado, 10h às 22h, Domingo, 14h às 20h

 

Saj Vila Madalena
Rua Girassol, 523, Vila Madalena
55 11 3032-5939
Segunda a quinta-feira, 12h às 15h30 e 18h30 às 00h, Sexta-feira, 12h às 15h30 e 18h30 às 1h, Sábados, das 12h às 1h, Domingo, 12h30 às 22h30
http://sajrestaurante.com.br/

 

 

Taberna da Esquina
Rua Bandeira Paulista, 812, Itaim Bibi
55 11 3167 6491
Terça a quinta-feira, 12h às 15h e 19h às 23h30, sexta-feira, 12h às 15h e 19hàs 00h, Sábado, 12h às 16h e 19h às 00h, Domingo, 12h às 17h
http://www.tabernadaesquina.com/

Deixe sua opinião, assim podemos melhorar.

Artigos Relacionados